• Arquivos categorizados Paulista
  • O ano está só começando…

    Ainda não parei para escrever sobre a eliminação do Corinthians na Libertadores e sobre o novo título paulista.

    Sobre a Libertadores, não tenho muito o que comentar. Removeram o Corinthians. Não foi erro. Foi roubo. E ponto.

    Sinceramente, é uma Libertadores para se esquecer. Afinal, já começou errada, com a morte do menino Kevin Espada. Depois, um Pacaembu vazio e silencioso. E por fim, a palhaçada da arbitragem no jogo contra o Boca.

    O acontecimento mais bonito e emocionante para o Timão nessa Libertadores aconteceu quando o time já não estava mais nela: o que a torcida fez no Pacaembu após o apito final é coisa de ser lembrada eternamente. Eu estava lá no Pacaembu e posso afirmar que foi uma das maiores emoções que vivi num estádio. Foi uma demonstração de gratidão. De agradecimento por tudo o que o time ganhou nos últimos tempos.

    Pacaembu vazio: algo não está certo
    Pacaembu vazio: algo não está certo

     

    E então nos sobrou o “Paulistinha”, como é pejorativamente chamado hoje o Campeonato mais tradicional do futebol brasileiro. Um campeonato que está arcaico, cansativo e chato. Que não tem mais o respeito dos torcedores. Mas o corinthiano não vê campeonato. Ele não torce para a Libertadores, para o Brasileiro. Ele torce para o Corinthians. Se bem que tem muito corinthiano novo por aí que só quer saber de Libertadores, etc, etc… parem com isso. Torçam para ao Corinthians.

    Bom, pensando por outro lado, o próprio time do Corinthians não estava nem aí pro Paulista. Basta ver os jogos da primeira fase para perceber a “vontade” com que os jogadores atuavam nas partidas. Olhando agora, com o título ganho, refletimos: “E não é que o time estava certo? Jogou quando era pra valer. De nada adiantaria se esforçar, jogar a vida, se o regulamento não traria tantos benefícios para os primeiros colocados.”

    Na final, contra o Santos, era notável e superioridade do Timão. Tinha total condições de ter vencido facilmente as duas partidas. Só não o fez por falta de pontaria e objetividade.

    Todo Poderoso Timão – Campeonato Paulista de 2013

    Corinthians, Campeão Paulista de 2013
    Corinthians, Campeão Paulista de 2013

     

    Conclusão final do Paulista: A fórmula do precisa mudar. Urgente. Tenho a minha fórmula de disputa na cabeça: 20 times, separados em 4 grupos de 5. Todos contra todos, ida e volta. O primeiro de cada grupo se classifica para a semifinal, e depois final. Ida e volta ambas as fases. 12 jogos no total , muito menos cansativo e muito mais interessante e empolgante.

    Porém, eu duvido que mude alguma coisa. A politicagem e o jogo de interesse entre as partes envolvidas são muito grandes para olharem o que é bom para o torcedor.

    Mas voltando para o Corinthians: Agora é ir com força total para o Brasileirão e Copa do Brasil. Sem nenhum campeonato paralelo, o Timão tem grande potencial para chegar ao Hexa Brasileiro. E tem elenco para ganhar a Copa do Brasil também. Isso sem falar na Recopa… rsrs

    Enfim, o ano está só começando. Muita emoção vem por aí!

    Vai, Corinthians!